Unidade Força Feminina presta assessoria a Projeto em Feira de Santana


O convite feito pela Ir. Augustina, coordenadora do Espaço Viva Mulher, feito a Unidade Força Feminina teve como objetivo apresentar a realidade da prostituição em Feira de Santana assim como promover espaço de capacitação para a equipe que está sendo constituída e o acompanhamento das mulheres que começam a ser atendidas pelo espaço.
De acordo com o projeto que esta sendo estruturado pelo Espaço Viva Mulher a missão se constitui em: Ser presença profética e evangélica junto à mulher em situação de prostituição ou em risco, buscando novas relações de gênero e incentivando seu protagonismo.
A chegada de Louraine Carvalho e Fernanda Priscila Alves, trabalhadoras sociais da Unidade Força Feminina, ao espaço aconteceu de forma tranquila possibilitando aproximação e fortalecimento de vinculo das mulheres que vem sendo atendidas pela Espaço Viva Mulher. A metodologia de trabalho que contou com a presença das mulheres atendidas e a equipe do espaço consistiu na apresentação dos presentes que expressaram suas expectativas referentes ao trabalho, que em sua maioria falaram da importância do espaço de acolhida e fortalecimento das mulheres em contexto de prostituição.
Na breve apresentação da Unidade Força Feminina o desejo de conhecer o trabalho foi o desejo de todas as mulheres presentes nos dois dias de atividade. Vale ressaltar a abordagem social realizada no principal ponto de prostituição de Feira de Santana, sendo mais um momento de aproximação a novas mulheres da área.
E é nesse sentimento de aproximação, reconhecimento e partilha que a Unidade Força Feminina fortalece o compromisso junto ao Espaço Viva Mulher de favorecer novos momentos de formação e partilha junto a equipe e mulheres, no processo continuo de troca de saberes e luta em prol da dignidade e da vida das mulheres.
No dia 28/09, as atividades consistiram em continuar a aproximação e escuta da realidade das mulheres de Feira de Santana. Ficou combinado que a assessoria da Força Feminina consistirá em acompanhar o grupo de mulheres e promover a formação da equipe de trabalho. 


Unidades de Salvador e Juazeiro participam do Seminário Campanha da Fraternidade 2014




A Campanha da Fraternidade de 2014 terá como tema “Fraternidade e Tráfico Humano”, e o lema “É para a liberdade que Cristo nos libertou.” (Gl 5,1). O objetivo geral da Campanha da Fraternidade será identificar as práticas de tráfico humano em suas várias formas e denunciá-las como violação da dignidade e da liberdade humana, mobilizando cristãos e pessoas de boa vontade para erradicar este mal em vista ao resgate da vida dos filhos e filhas de Deus.
Para atingir os objetivos da Campanha da Fraternidade de 2014 e dinamizar a Campanha da Evangelização, a CNBB Regional Nordeste3, realizou o Seminário de formação e animação de Campanhas, com três representações de cada Arqui/diocese, onde a Unidade de Salvador (Força Feminina) com Rosilene Ferreira e a Unidade de Juazeiro (Pastoral da Mulher) com Railane Delmondes, representantes da Arqui/diocese de Salvador e de Juazeiro.
            O encontro contou com a presença de Jaqueline Leite que abordou o tema do Tráfico de Seres Humanos e suas conceituações e do Frei Xavier Prazo que trouxe a perspectiva do Ver, Julgar e Agir, abordando a temática do tráfico de seres humanos para fins de exploração de mão de obra.
Neste sentido os dois dias do encontro, 28 e 29 de setembro, foram apontados os principais objetivos especificos da campanha:
1-    Identificar as causas e modalidades do tráfico humano e os rostos que sofrem com essa exploração.
2 – Denunciar as estruturas e situações causadoras do tráfico humano.
3 – Reivindicar dos poderes públicos, políticas e meios para a reinserção das pessoas atingidas pelo tráfico humano, na vida familiar e social.
            Com a liberação dos materiais para estudo e formação, busca-se agora aprofundamento do tema a fim de integrar ainda mais as ações das Pastorais Sociais no enfrentamento ao Tráfico de Seres Humanos.